Porque não eu?

Velocidade. Rapidez. Ansiedade. Carência. Carinho. Passado. Presente. Ausente.

Quem nunca se sentiu todo esse mix de emoções de uma só vez? Bom se você nunca passou por isso, levante as mãos para os céus, você com certeza é uma pessoa de sorte, alias de sorte não, uma pessoa que leva a vida leve. Em uma realidade que cada vez torna as relações mais superficiais e descartáveis não é fácil discernir o joio do trigo. E as vezes lá do fundo, do mais íntimo sussurra uma voz: Porque não eu?

Quantas vezes você já parou pra pensar: Porque eu não posso fazer diferente? Porque eu não posso ser motivo de alegria para alguém?

A vida não é fácil. Ser motivo de alegria é também ser motivo de chateação em algum momento, seja da amizade, seja do amor. Muitas vezes as pessoas não tem paciência, não possuem perseverança de acreditar, acreditar que as coisas podem ser diferentes. Não se deve confiar em tudo ou em todos, mas procurar aqueles que realmente farão do seu dia algo melhor e te provam isso por mais do que palavras. Volto a dizer, porque não eu? Porque não partir de você o algo novo? Porque não pular aí de dentro e encarar de frente esse mundão aqui fora? Dá medo, eu sei que dá! Mas vai com medo mesmo. Se há uma coisa que eu aprendi com meus erros e acertos é que se você não se colocar em movimento você estará apenas sendo levado, sendo conduzido, ao invés de tomar o controle, ter em mãos as rédeas do jogo da vida e fazer a diferença ao seu redor.

Não sei nem porque comecei a escrever, mas talvez alguém precise ler isso. Não tenho a pretensão da fama, acredito apenas que cada um tem um propósito, uma missão aqui, sem referências a religiões. A palavra que escrevo, pode ser aquela que você precise ler, as vezes não para si, mas para alguém próximo e assim vamos nos movendo, saindo da inércia e respondendo: Porque não eu? Eu posso sim, sou capaz, tenho coragem, tenho amor, mesmo que nunca te disseram isso, mesmo que nunca valorizaram esse teu lado. Talvez você ainda não tenha encontrado alguém que te traga essa sensação de valor, de merecimento, talvez não seja o momento para passar por isso ainda, mas tenha esperança, carregue alegria em seu coração, pois a reciprocidade existe. Não é de uma hora para outra, mas não desista, persista, insista que com certeza bons frutos irão chegar até você. Que cada um de nós possa levar ao outro uma mensagem, de amizade, de carinho, de conforto, de paz, de amor.

Anúncios